Clique para ativar o zoom
Carregando...
Não encontramos resultados
Visão Roteiro Satélite Híbrido Terreno Minha localização Tela cheia Anterior Próximo
Busca Avançada
Os resultados da sua pesquisa

Os bancos com as MENORES TAXAS de financiamento imobiliário

 de Felippe Alfredo em 29 de abril de 2015
Comentários:0

Excelente artigo da Revista Exame em 10/04/2015

São Paulo – Ao pesquisar o custo do financiamento para compra do imóvel entre diversas instituições financeiras, o consumidor pode economizar até 119 mil reais. É o que conclui o levantamento da associação de consumidores Proteste, que aponta quais bancos oferecem as maiores e menores taxas no crédito imobiliário.

Foram simuladas três situações para um perfil de comprador de 35 anos e um prazo de financiamento de 30 anos.

No primeiro cenário, o tomador tem uma renda familiar mensal de 10 mil reais e quer comprar uma unidade de 400 mil reais. No segundo cenário, a renda familiar é de 22 mil reais por mês e o preço do imóvel é de 800 mil reais  e, no terceiro cenário, a renda familiar mensal é de 4,5 mil reais e a unidade custa 150 mil reais.

O objetivo é mostrar qual é o melhor financiamento em cada cenário considerando as condições oferecidas em sete bancos: Caixa, Banco do Brasil,Itaú, Bradesco, Santander, HSBC e Banrisul.

A posição de cada instituição no ranking foi definida a partir do Custo Efetivo Total (CET) oferecido em cada empréstimo. O CET é a taxa que mostra não só os juros, como todos os encargos incluídos no financiamento do imóvel, e é a melhor forma de comparar as taxas oferecidas pelos bancos.

O Citi ficou de fora do levantamento da Proteste porque não permite realizar a simulação do crédito imobiliário pela internet.

Como o Banco do Brasil permite realizar simulações em prazos de 30 anos apenas no primeiro cenário, ele não foi incluído nas simulações dos demais cenários, para os quais o banco oferece apenas financiamentos de até 25 anos.

Em financiamentos com prazos menores, os juros e tarifas com seguro são menores, o que acaba reduzindo o CET oferecido pelo banco aos clientes. Por conta disso, o Banco do Brasil foi retirado dos dois rankings.

Veja a seguir as instituições financeiras que oferecem os financiamentos imobiliários mais baratos de acordo com levantamento realizado pela Proteste:

Primeiro cenário

Renda familiar mensal de 10 mil reais para a compra de um imóvel de R$ 400 mil e financiamento de 80% do valor da unidade.

financiamento-habitacao_0002_Layer 6

 

Segundo cenário

Renda familiar mensal de 22 mil reais para a compra de um imóvel de 800 mil reais e financiamento de 70% do valor da unidade.

financiamento-habitacao_0001_Layer 5

 

Terceiro cenário

Renda familiar mensal de 4,5 mil reais para compra de um imóvel de 150 mil reais e financiamento de 80% do valor da unidade.

financiamento-habitacao_0000_Layer 4

Fonte: Proteste, com dados obtidos através de simulação realizada no site dos bancos 

A maior economia, de 119.362,61 mil reais, pode ser obtida no segundo cenário – renda familiar mensal de 22 mil reais e financiamento de 70% do valor de um imóvel de 800 mil reais -, se o financiamento for feito com o HSBC, que tem o menor CET (10,07%), em vez do Banrisul, cujo CET é o mais elevado (11,63%).

O comprador que tem como objetivo adquirir um imóvel de 400 mil reais e tem renda familiar mensal de 10 mil reais irá encontrar o financiamento com o menor custo na Caixa, tanto se ele receber o salário pelo banco, como se tiver um relacionamento prévio com a instituição financeira ou se ainda não for cliente.

Se o objetivo é comprar um imóvel de 150 mil reais e a renda familiar for de 4,5 mil reais por mês, a Caixa e o Banco do Brasil oferecem os menores custos no financiamento da unidade, pois ambos concedem incentivos previstos no programa Minha Casa, Minha Vida.

O Banco do Brasil oferece CET de 10,14% e 9,98% ao ano no primeiro e no segundo cenário, respectivamente, caso o tomador do crédito receba o salário pelo banco, pague as parcelas do débito em dia; e financie a unidade em 25 anos.

Para clientes que pagarem as prestações em dia, o CET oferecido pelo banco no primeiro cenário é de 10,24% ao ano e, no segundo cenário, de 10,08%. Para quem ainda não tem conta no banco, a taxa cobrada é de 10,34% ao ano no primeiro cenário e 10,18% no segundo cenário, também no caso em que a dívida seja parcelada em 25 anos.

Quanto maior o tempo de relacionamento com o banco, menor pode ser a taxa de juros cobrada no crédito imobiliário. Ter uma conta salário também pode render descontos em taxas.

O comprador também pode obter boas condições de financiamento ao contrair o crédito em um banco que ele não tem relacionamento e pagar a chamada taxa balcão.

Compartilhar

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Comparar

×
Nos Chame No Whatsapp!