Busca Avançada
Os resultados da sua pesquisa

ALERTA: Por que ninguém fala sobre isto? Proteja-se investindo em imóveis

 de Felippe Alfredo em 23 de março de 2020
ALERTA: Por que ninguém fala sobre isto? Proteja-se investindo em imóveis

A epidemia do coronavírus está a caminho de causar um choque econômico agudo e profundo, semelhante às catástrofes naturais. É verdade que os movimentos do mercado nos fazem lembrar da crise financeira de 2008, no entanto, não acreditamos que seja igual. As medidas de distanciamento social para combater a epidemia reduzirão a atividade econômica. Ainda assim, o choque não deverá derrubar a economia global, assumindo que as autoridades implementem a devida resposta de política econômica, tanto fiscal como monetária, e que sejam contundentes e abrangentes.

O trecho acima foi extraído da análise semanal do gigante BlackRock Inc., a maior gestora de investimentos global com mais de 7.4 trilhões em ativos administrados.

Parece imperar entre os mais esclarecidos e racionais economistas, políticos e empresários, a constatação de que o “olho do furacão” ainda está por vir.

Imóveis: um porto seguro em meio ao caos

Com as bolsas derretendo e investidores literalmente quebrando, voltamos ao cenário mais convencional no mundo dos investimentos. Pode se esperar um virada na renda fixa e também uma migração de boa parte das carteiras para a compra inteligente de imóveis.

O que atrairá as pessoas para o mercado imobiliário?

 

1. SEU INVESTIMENTO: Proteger antes de multiplicar

Fugir da Bolsa de Valores é um tanto óbvio neste momento. Na incerteza, o investimento no mercado imobiliário é, sem dúvidas, uma alternativa mais estável em tempos de crise. Em especial na cidade de ❤ Dois Irmãos, onde vemos uma crescente busca por moradia, com imóveis valorizados e mercado estável.

 

2. BANCOS & CRÉDITO: Redução de juros e adiamento dos pagamentos de parcelas de crédito imobiliário

Resultado de imagem para caixa imovel coronavirusO presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, disse neste domingo em uma transmissão ao vivo com outros empresários que a instituição financeira vai baixar juros e adiar pagamentos de parcelas de crédito imobiliário. O executivo não deu muitos detalhes ainda, mas disse que esta semana ainda serão anunciadas as medidas pela Caixa.

“Medidas importantes estão sendo anunciadas essa semana a clientes e funcionários. Faremos redução de juros, postergaremos mensalidades e prestações imobiliárias”, disse.

Na sequência, explicou que a postergação de prestações imobiliárias estará disponível por aplicativo e que as parcelas que não serão pagas agora não serão cobradas de uma vez quando a fase aguda da crise passar. Mas os valores serão incorporados proporcionalmente no saldo remanescente do cliente.

3. ECONOMIA: Taxa Selic

 

A Selic passou de 4,25% ao ano para 3,75% ao ano, renovando seu menor nível histórico desde 1999, quando passou a valer o regime de metas de inflação.

Como a Selic afeta na compra de um imóvel?

Como dissemos anteriormente, a taxa Selic afeta diretamente a economia do país. Mas, afinal, como isso impacta na compra do seu imóvel? É simples: quando a taxa Selic cai, os juros de financiamento também caem, facilitando o acesso ao tão sonhado imóvel próprio ou carro novo.

Ou seja, quanto menor for a Selic, menor o custo de financiamento, ficando mais barato tomar dinheiro emprestado dos bancos. E essa queda impacta diretamente no setor imobiliário, visto que os juros menores facilitam o financiamento e geram oportunidades para quem deseja conquistar o imóvel próprio. Em conclusão, taxa Selic baixa é o momento ideal para financiar seu imóvel e começar o ano em um lugar seu.

 

Mas fique atento! Não é todo imóvel que é um bom investimento!

 

Fale com um de nossos profissionais e veja as oportunidades do momento…

 

Lucas: (51) 9-8903-6730

Gisele: (51) 9-9330-5089

Compartilhar

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Comparar